sábado, 3 de setembro de 2016

MICHEL TEMER O ELI COHEN, O ESPIÃO DO MOSSAD QUASE PRESIDENTE DO EGITO.

Em maio deste ano o Julian Assange do site de vazamentos WikiLeaks, afirmou em sua conta no Twitter que o presidente-golpista Michel Temer atuou como informante da embaixada dos Estados Unidos em 2006, quando era deputado federal.
Na década de 60 o eficiente serviço secreto de Israel, o Mossad, quase fez o  seu agente Eli Cohen presidente do Egito, chegou muito perto contudo, chegou a ocupar cargos estratégicos no governo egípcio.
É interessante notar que um dos espiões da CIA no Brasil,o golpista Michel Temer, começou a vender informações do país para os EUA um ano antes da descoberta oficial do pré-sal devido as informações privilegiadas  recebidas da NSA que davam conta das pesquisas que estavam sendo desenvolvidas pela Petrobras neste sentido.
O proposito da  auto traição de Temer contra o Brasil tinha por objetivo atender aos interesses de grupos econômicos e de governo transnacionais de privatizar e entregar "tudo o que for possível" conforme suas palavras ditas em junho deste ano.
Um canalha acobertado por nossas Forças Armadas segundo revela o áudio das conversas entre Romero Jucá x Sérgio Machado, que cita a  participação de generais no golpe jurídico-parlamentar.
E assim de golpe em golpe o Brasil segue a sua sina mais uma vez a se tornar um puxadinho dos EUA.
José Carvalho, setembro de 2016.