segunda-feira, 14 de março de 2016

INTIMIDAÇÃO E ESTADO EXCEÇÃO.

A polícia acabou de entrar na sede do Diretório Estadual do PT em São Paulo.
A viatura parou na porta da garagem. O tenente coronel entrou no saguão da entrada e ficava perguntando o que a gente iria fazer ali, se ia ter atividade e se iríamos fazer algum ato.
Nunca imaginei que chegaríamos à esse nível de quase ilegalidade do Partido dos Trabalhadores.
Mas que eles não se enganem, a resistência e a luta serão feitas do mesmo grau que tentam nos intimidar.
Não nos calarão! Não passarão!!
______________________________________________________________________________

O que era antes algo velado, imperceptível e camuflado se
escancara a olhos vistos para que toda a sociedade brasileira perceba que estamos vivendo, de fato, um estado de exceção no Brasil não só no Estado dos Bandeirantes - quem é bom de história sabe porque me refiro a São Paulo como o Estado dos Bandeirantes.
Ontem em Salvador vivemos algo muito parecido no que diz respeito ao sequestro do jornalista Takamoto.
É a direita, elitista, segregacionista e centralizadora de riquezas mostrando o seu caráter fascista.
José Carvalho, Salvador, março de 2016.