quinta-feira, 10 de setembro de 2015

LEVY A SERVIÇO DO GRANDE CAPITAL: "ZELAI APENAS POR VOSSOS INTERESSES" - MAQUIAVEL.

Dilma Rousseff se mostra enfraquecida e refém de um Congresso Nacional achador que coloca seus interesses pessoais, políticos e partidários acima do Estado Brasileiro.
A presidenta errou ao nomear para assumir o Ministério da Fazenda um nome que apaziguasse e atendesse aos interesses dos rentistas nacionais e transnacionais sem levar em consideração a sua experiência e competência, foi mais uma decisão politica que técnica.
Desde as edições das MP's 664 e 665 que propunham um ajuste fiscal para economizar mais de R$100 bilhões para equilibrar as contas do governo,que previ que a coisa ia ficar feia.
O governo através dos seus gastos é a principal locomotiva para a expansão da economia e quando o governo corta gastos e aumenta os juros a recessão vai bater a porta, não deu outra.
O consumo das famílias e do setor de serviços que juntos respondem por quase R$2 trilhões do nosso PIB de R$5,52 trilhões, vinha caindo desde de 2014 e a cada trimestre essa queda se amplia sinal que o valor corrente destes dois maiores setores importante da economia entrou em recessão de fato e não técnica.
O ministro Joaquim Levy é um agente do grande capital infiltrado no governo que o arruína e o enfraquece a cada dia, a sua política de cortar gastos, despesas e de contingenciar investimentos tem se mostrado ineficaz para se alcançar o equilíbrio das Contas Nacionais.
Embora o ministro Levy tenha se mostrado um grande incompetente na condução da nossa economia, os banqueiros e rentistas exigem a sua permanência no governo a despeito de todo descalabro do déficit orçamentário de 3,64% que fez o governo recorrer ao Tesouro Nacional e,assim, aumentar a Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) para pagar principalmente os rentistas nacionais.
O ex-ministro Ciro Gomes desaconselhou a presidenta a nomear Joaquim Levy para ocupar a pasta da Fazenda Nacional, seria um grave erro.
E como disse o jornalista Rodrigo Vianna da Revista Revista Fórum:
"Levy é o Cavalo de Troia que Dilma levou pra dentro do governo. E agora pode ajudar a destroçar o que sobrou de governabilidade."
E nesta queda de braço entre o grande capital e seus 54 milhões de eleitores, o povo perde por nocaute.
José Carvalho, Salvador, setembro de 2015.