domingo, 29 de março de 2015

A DEMOCRACIA É IRMÃ SIAMESA DA LIBERDADE CIVIS COM RESPONSABILIDADE.

Em nome de um democracia presumidamente madura o Governo Federal. o Ministério da Justiça, o Ministério Público Federal e a Polícia Federal têm tido excessiva tolerância com àqueles que agem a margem da lei ao pregar abertamente o ódio contra o PT,partido legalmente reconhecido pela justiça eleitoral e promover discursos a favor da ditadura militar em desacordo com a Constituição Federal.
O ataque terrorista contra a sede municipal do PT na madrugada do dia 27.03, sexta-feira, na cidade de São Paulo, é prova que a excessiva tolerância das autoridades constituídas do país extrapolou todos os princípios de civilidade e razoabilidade.
No ultimo dia 15 de março só não tivemos uma repetição da destruição ocorrida em junho de 2013 porque a marcha do dia 13 em favor da Petrobras e do PT foi ordeira e pacífica, sem incidentes de violência, o que impediu os reacionário de repetir a mesma desordem.
A filosofa Marilena Chauí já havia advertido sobre a possibilidade do fascismo contaminar a nossa democracia ao dizer que pessoas que nunca se interessaram por politica e de uma hora para outra passassem a se envolverem com ela, o fascismo estaria batendo a porta.
Como tenho dito o fascismo já passou do estágio da porta e hoje já ocupa todo ambiente nacional, Congresso Nacional, Judiciário e o Ministério Publico.
Se o governo Dilma não parar de fazer cara de paisagem com os abusos que veem ocorrendo no país em relação a estas marchas fascistas ou fingir que isso não é comigo, a coisa vai ganhar corpo - ainda mais que a atual conjuntura econômica favorece que pessoas insatisfeitas abracem a causa dos fascistas.
A Europa criminaliza o discurso nazista e o Brasil que já passou por uma ditadura deveria fazer o mesmo, aconselha o filosofo e atual ministro da educação, Renato Janine Ribeiro.
José Carvalho, Salvador, março de 2015