domingo, 29 de março de 2015

SIMÓN BOLÍVAR - O LIBERTADOR

O longa metragem Simón Bolívar - O Libertador de 2012, é uma produção hispânica/venezuelana no valor de US$ 50 milhões.
É um filme inspirador que mostra quando você quer colocar os pobres, os esquecidos como opção de governo sem alijar quem lhe paga o salário do processo em busca de justiça social é brigar com os poderosos.
O Simón foi amado pelo seu povo e odiado pelos que não queriam "tantas mudanças" assim, escapou de tentativas de assassinatos mas a traição foi o que lhe levou a morte.
O que mais me impactou no filme foi a luta do Simón Bolívar com um exército formado por crianças, negros, velhos e mulheres armados com facões, foices e enxadas contra o volento exército espanhol, o exército mais poderoso e mais brutal do planeta na época - quem não se lembra do genocida dos ameríndios, Cortez?
Vale muito a pena ver este filme e entender porque se posicionar ao lado de quem não tem nada é quase uma sentença de morte.
Você vai ver que desde daquela época existiam pessoas que preferiam andar sob o jugo da tirania e da exploração ao provar da possibilidade de uma sociedade menos desigual.
Imperdível!!!!!
José Carvalho, Salvador, março de 2015.