domingo, 29 de março de 2015

O DESTINO MANIFESTO: TODO PODER EMANA DOS EUA.

O DESTINO MANIFESTO: TODO PODER EMANA DOS EUA.
A História Moderna evidencia que a relação dos EUA com o resto do mundo sempre foi de superpotência imperialista.
É o Destino Manifesto americano posto em prática.ou seja, eu posso tudo, a leitura das minhas ações sou eu quem as julgo se certas ou não, não me importa a opinião pública mundial, as leis internacionais não se aplicam a mim mas ao contrário, eu as ajusto ao meu particular interesse.
Durante a Segunda Guerra Mundial o general do Exército Imperial Japonês, Yoshijiro Umezu, se recusou em lançar um ataque químico e biológico contra o solo norte americano por considerá-lo um crime contra a humanidade.
Pouco tempo depois o presidente Harry Truman ordena um ataque nuclear a população civil das cidades de Hiroshima e Nagasaky matando 246 mil seres humanos.
Pergunto:
- Em que livro de história você leu que os ataques nucleares às cidades de Hiroshima e Nagasaky foi um crime contra a humanidade praticado pelos EUA?
No debate sobre leis de crimes de guerra na ONU, Washington se recusou em submeter e aplicar essas leis aos seus soldados - podem cometer todo tipo de atrocidades em defesa da "democracia" e dos "direitos humanos" que vocês não serão levados a nenhum Tribunal Internacional.
Durante a Guerra do Golfo e do Iraque fez pressão para afastar o brasileiro que chefiava uma das agências da ONU responsável pelo controle de armas químicas, bacteriológicas e nucleares, haja vista que, o brasileiro queria submeter os EUA as mesmas leis e regras que o Iraque estava sendo submetido,ou seja, contar também os seus arsenais de armas de destruição em massa.
E ainda tem brasileiro que foi no ultimo domingo com cartazes escritos em inglês pedir intervenção militar no Brasil, para mim não ficou claro se a intervenção seria através do nosso exército ou do exército estadunidense.
Assim caminha a humanidade sob a batuta norte americana.
José Carvalho, Salvador, março de 2015.