quinta-feira, 16 de abril de 2015

AÉCIO NEVES, O FLAGELO QUE O BRASIL EVITOU.

Decerto que ninguém goste de perder,ainda mais, quando a derrota se dá em uma situação de extrema importância para as nossas vidas.

Mas não saber  se auto-criticar e analisar a fim de poder entender  o por que do seu mau êxito é uma porta aberta para os problemas psicológicos.

O candidato derrotado dos tucanos, o senador mineiro, Aécio Neves, é um exemplo disso.

Desde a sua derrota por uma margem pequena de votos, o ex-presidenciável parece ter desenvolvido transtornos delirantes, com a crença fixa de quem ele, Aécio, é quem deveria ser o presidente da república e não a candidata legitimamente eleita.

E desde então só conspira,trama,articula jeitos e maneiras de emplacar um pedido de impeachment presidencial.

Além da crise econômica pela qual o país passa, as articulações golpistas do senador tucano potencializam a severidade da crise através das disputas politicas com o Planalto - crise econômica com crise política é uma salada indigesta para as famílias brasileiras.

Sem ter sido eleito o senador tucano já perturba o Brasil, quem dirá se fosse eleito sem compromissos com a classe trabalhadora, o que seria da nossa nação?

O que seria das classes C,D e E ?

O Brasil não se deu conta do flagelo que traria sobre a nação, caso o candidato tucano fosse eleito.

José Carvalho, Salvador, abril de 2015.