quarta-feira, 1 de abril de 2015

DIMINUIÇÃO DA MAIORIDADE PENAL: A EUGENIA DA DIREITA

A PEC da diminuição da maioridade penal data de agosto de 1993, período em que o Congresso Nacional era dominado pelos conservadores da direita.

Passados praticamente 22 anos da sua apresentação ela retoma as suas discussões em um Congresso Nacional tão conservador quanto o de 1964.

A direita brasileira sempre teve dificuldades em resolver os problemas sociais pelas suas causas, as suas politicas sociais sempre foram para apaziguar os ânimos de quem estava na base da pirâmide social através de politicas sociais do faz-de-conta sem,contudo, promover politicas afirmativas de reparação racial e social.

Falar sobre a deficiência e a falência do sistema penitenciário brasileiro que não ressocializa ninguém é desnecessário porque todos sabem.

Se resolve os problemas de violência é com politicas publicas que permitam a escolha, deem opção e oportunidades para os jovens como as que o PT implantou no país, que só não avançam mais por causa de senhores como esses que aprovaram a tramitação da PEC da Maioridade Penal na Câmara.

A PEC da Maioridade Penal é para privilegiar os "bem nascidos" retirando do convívio social jovens negros e pobres sem lhes dar a oportunidade da escolha.

Se um jovem for preso devido ao roubo de um pote de margarina, quando for encarcerando ao sair ele vai roubar um banco -  porque aprendeu isso na faculdade do crime que são os presídios brasileiros.

A PEC da Maioridade Penal nada mais é que um agente de controle social tal qual o eugenismo.

José Carvalho, Salvador, abril de 2015.