sexta-feira, 3 de abril de 2015

O PT GANHA MARATONA MAS PERDE NOS 100 METROS RASOS.



De 2002 até 2013 foram os anos dourado do governo petista - a fase da maratona.

Período marcado pelo aumento no nível de emprego, estabilização de preços, distribuição de renda,crescimento econômico e de politicas de inserções sociais afirmativas.

Porém, de 2014 até a presente data, etapa dos 100 metros rasos, o nível de emprego diminui, o espiral inflacionário cresce e rouba a renda do trabalhador, politicas sociais sofrem cortes, direitos trabalhistas são contingenciados através das MP 664 e 665 que dificulta o acesso ao seguro-desemprego, ao abono salarial, pensão por morte,auxílio-doença com o objetivo de alcançar R$ 60 bilhões de economia aos cofres da União.

A politica fiscal contracionista do governo Dilma passa um corretivo,uma borracha nos 11 anos de avanços e conquistas econômicas e sociais do governo do PT.

Este quadro desfavorável é acompanhado  de uma grave crise política - e sem maioria no Congresso Nacional, Eduardo Cunha e Renan Calheiros do PMDB, se aproveitam da fraqueza do governo e assumem o seu verdadeiro papel de mercenários políticos para achacar como diz Cid Gomes.

O horizonte econômico e politico do país está cheio de incertezas devido a um governo sem forças, sem capacidade de reação convincente  frente as crises política, econômica e moral.

Sentimento percebido pelos agentes econômicos que deixam de investir na economia para que ela volte a crescer efetivamente, é algo para se preocupar, e muito.

E agir como Pollyanna a personagem de estórias infantis que acreditava que tudo estava bom, as mil maravilharas é estupida alienação.

A verdade é essa:

- A economia vai mal e, muito mal, e sem previsão de dias melhores em curto e médio prazos.

José Carvalho, Salvador, abril de 2015.